Elenco do Valencia faz manifestação contra o racismo e de apoio a Diakhaby em treino

Na manhã desta segunda-feira (5), o treino do Valencia foi marcado por uma manifestação de apoio ao zagueiro Diakhaby, vítima de racismo na partida contra o Cádiz, no último domingo (4), pelo Campeonato Espanhol.

O ato contou com a participação dos jogadores, a comissão técnica e até o presidente do Valencia, que se reuniram no gramado do centro de treinamento para pedir um “basta” ao racismo no futebol.

Todos posaram para uma foto com a mão aberta, em um sinal de “pare”, com o jogador francês à frente. A imagem foi compartilhada pelo Valencia nas redes sociais do clube com a legenda “Parem o racismo”.

Ontem, Diakhaby acusou o espanhol Juan Cala, do Cádiz, de racismo aos 29 minutos do primeiro tempo. Após o desentendimento com o adversário, o zagueiro francês relatou ao árbitro da partida, David Medié, a atitude.

Após o início da confusão, os jogadores do Valencia resolveram deixar o gramado como forma de protesto. O jogo foi retomado 20 minutos depois, mas Diakhaby acabou sendo substituído.

Crédito imagem: Valencia

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.