#Esportedasletras traz livro que moldou Lei da SAF

A SAF está na pauta de discussão de todos aqueles que se interessam pelo esporte, especialmente na de quem esta preocupado com os caminhos tomados por um clube cuja gestão o mergulhou em crise. A alternativa jurídica criada que virou Lei só foi possível depois de um mergulho teórico e prático de dois personagens. Esse trabalho gigante virou livro.

Rodrigo Monteiro de Castro e José Francisco Manssur ajudaram a redigir a Lei da Sociedade Anônima do Futebol. Antes disso, pesquisaram legislação, entenderam cenários nacional e internacional e buscaram modelos que deram certo. Depois refletiram e apresentaram a obra ‘Futebol, Mercado e Estado’.

Nela, é possível mergulhar nesse mundo do esporte como negócio. Com sensibilidade, entendendo cultura e economia, apresentam um caminho jurídico que pode ser um facilitador na transformação da gestão do esporte. A migração do clube associativo em empresa dentro do modelo da SAF como alternativa para captar recursos e acelerar a necessária transformação da gestão do futebol.

Se é verdade que não existe fórmula transformadora que não passe pela profissionalização, governança, transparência e pilares de compliance, também é verdade que existem diferentes modelos jurídicos que já apresentaram resultados que podem servir de modelo para o Brasil e suas especificidades. A dupla Rodrigo e José Francisco apresenta um, através de uma obra de profundo rigor técnico, grande pesquisa e idéias interessantes.

Um trabalho que virou Lei.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.