FIFA abre investigação sobre denúncia da Federação Chilena envolvendo atuação irregular de jogador pelo Equador

Em comunicado oficial nesta quarta-feira (11), a FIFA informou que abriu uma investigação para apurar uma denúncia feita pela Associação de Futebol do Chile (ANFP) contra a Federação Equatoriana de Futebol (FEF) sobre a possível escalação irregular de Byron David Castillo Segura nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

De acordo com a denúncia apresentada pelos chilenos na semana passada, Byron Castillo teria atuado em oito jogos da competição irregularmente, uma vez que usou documentos falsos. A principal alegação é de que o jogador nasceu na Colômbia e não no Equador.

Além disso, a ANFP afirma que há inúmeras evidências de que Byron nasceu em 25 de julho de 1995, e não em 10 de novembro de 1998, na cidade equatoriana de General Villamil Playas, como foi registrado.

Diante das informações falsas, a ANFP quer que o Equador perca os pontos das partidas em que o jogador foi usado e que seus rivais ganhem os três pontos. Caso isso aconteça, alteraria a classificação final das Eliminatórias e daria uma vaga para a Copa do Mundo ao Chile.

A investigação será conduzida pelo Comitê de Disciplina da FIFA. Vale lembrar que a decisão poderá ser questionada no Comitê de Apelações da própria entidade e posteriormente na Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.