Gabigol, do Flamengo, é suspenso pelo STJD em duas partidas por chamar futebol brasileiro de “várzea”

Julgado nesta sexta-feira (17) pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Despotiva), o atacante Gabigol, do Flamengo, recebeu duas partidas de suspensão por ter chamado o futebol brasileiro de “várzea” após ser expulso na goleada por 4 a 0 para o Internacional, em partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

Como o jogador cumpriu um jogo automaticamente, ainda está devendo um, e por isso deverá ser desfalque para o técnico Renato Gaúcho para o jogo do próximo domingo (19), contra o Grêmio, no Maracanã. O Flamengo deverá entrar com um efeito suspensivo para que o atacante possa atuar.

O caso ocorreu após Gabigol ser expulso aos 17 minutos do segundo tempo por reclamação, em partida disputada no dia 8 de agosto. Antes de deixar o campo, Gabriel disse: “Isso é uma piada! Por isso que o futebol brasileiro é essa várzea!”.

Responsável por denunciar o jogador, a Procuradoria considerou que o ato feriu o artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala em “assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”.

Crédito imagem: Reprodução

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.