Jonatan Gómez cobra salários atrasados do Sport e pede rescisão de contrato na Justiça do Trabalho

O meia Jonatan Gómez acionou o Sport na Justiça do Trabalho para cobrar pagamentos atrasados e pedindo a rescisão indireta do contrato. Com vínculo previsto até dezembro de 2021, o jogador cobra R$ 2.345.848,80 referente ao salário de fevereiro e dezembro de 2020, seis parcelas do direito de imagem e o valor completo do FGTS. A informação foi divulgada primeiramente pelo GE.

Na ação, o argentino também cobra valores referente a uma bonificação acertada para a assinatura de contrato. De acordo com o texto, o clube ainda deve cerca de R$ 225 mil, sendo que R$ 125 mil deveriam ter sido quitados até 31 de dezembro, o que acabou não foi cumprido.

Além dos valores cobrados, o meia pede a rescisão imediata de contrato e enviou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Pernambucana de Futebol solicitando a liberação.

Gómez se despediu do elenco rubro-negro na última terça-feira (12) e agora aguarda pelo desenrolar da situação na justiça. Contratado pelo Sport no começo da temporada atual, disputou 32 partidas e marcou apenas um gol.

Crédito imagem: Sport/Divulgação

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.