Marcinho faz acordo e pagará R$ 200 mil de indenização aos netos de casal morto em atropelamento

O lateral-direito Marcinho, do Athletico, entrou em acordo e indenizará os familiares do casal de professores que atropelou e matou no Rio de Janeiro, no dia 30 de dezembro de 2020. A informação foi divulgada primeiramente pelo ‘GE’.

De acordo com a defesa do jogador, Marcinho vai pagar R$ 200 mil aos quatros netos (R$ 50 mil para cada) dos professores Alexandre Silva de Lima e Maria Cristina José Soares.

Apesar do acordo homologado na vara cível, Marcinho ainda responde pelo atropelamento na vara criminal. Em maio, o juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal, aceitou a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e o jogador responderá por homicídio culposo (sem intenção de matar), agravado pela não prestação de socorro às vítimas.

Enquanto aguarda pelo julgamento, Marcinho segue treinando e jogando pelo clube paranaense.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.