O peso de um cinturão

Por Elthon Costa e Rafael Ramos

O UFC 274 dentro do Footprint Center em Phoenix, Arizona, na noite do dia 7 de maio de 2022 deveria ter sido mais um evento triunfante para Charles Oliveira. O brasileiro ampliou sua série de vitórias para 11, finalizando Justin Gaethje no primeiro round. Seria sua segunda defesa bem-sucedida do título dos leves, mas, infelizmente, Oliveira foi despojado do cinturão após não bater o peso por meia libra.

Oliveira pesou 155,5 libras, meia libra acima do limite para disputas por cinturão. À “Do Bronx” foi dado mais uma hora para perder às 0,5 libras extras, mas não seria suficiente, pois ele pesou novamente 155,5. O UFC então revelou que ele não apenas perderia uma porcentagem de sua bolsa, mas também perderia o título dos leves assim que sua luta com Gaethje começasse.

A hora de resolver tudo isso teria sido antes das pesagens começarem. Fãs exigiram que a comissão do Arizona reconhecesse retroativamente o problema e fizesse algo para consertar a situação. Há alguma sugestão de que a balança alternativa oferecida pela comissão tenha tido problemas de calibragem[1], o que, por si só, merecem escrutínio, uma vez que vários atletas, coincidentemente naquele evento[2], ultrapassaram o limite do peso de sua categoria e pesaram 0,5 libras extras.

Quanto a Oliveira, o UFC não vai lhe devolver o cinturão. Porém Dana White já declarou que Charles é o candidato número 1 do ranking e terá a chance de lutar pelo título vago no futuro.

Arizona tem algumas leis e regulamentos quando se trata de pesagem de MMA. Especificamente, o Código Administrativo do Arizona[3] tem o seguinte a dizer sobre pesagens:

“A pesagem será realizada em hora e local aprovados pela Comissão em conformidade com a A.R.S. § 5-225(E). Será supervisionado por um representante da Comissão. Os promotores devem entrar em contato com a Comissão pelo menos 48 horas antes da pesagem para tomar as providências apropriadas. Os competidores devem comparecer na pesagem e a falha em fazê-lo pode sujeitar o competidor a disciplina, até e incluindo a desqualificação da competição.”

E continua a observar o seguinte para os lutadores que perdem peso:

“Um competidor que exceda seu peso contratual por mais de uma libra na pesagem está em violação de seu contrato. A critério da Comissão, o competidor pode ter uma segunda oportunidade para bater o peso dentro de duas horas. Alternativamente, a Comissão pode impor uma penalidade consistindo em um confisco de não mais de 20% da bolsa bruta. Descontos adicionais podem ser feitos na bolsa do competidor. Devem ser permitidas variações nas franquias de peso e classes de peso em lutas fora de disputa de cinturão, se ambos concorrentes e a Comissão aprovarem a variação.”

Vale lembrar que uma segunda balança é usada tanto no hotel anfitrião do evento quanto nos bastidores, onde os lutadores podem verificar seu peso antes de se apresentarem diante de um oficial da comissão para a pesagem oficial. A diferença entre essa balança alternativa e a oficial, muito embora ambas sejam “oficiais”, pois as duas, a dos bastidores e a do “weight-in”, assim chamada a pesagem oficial para confirmação da luta, são fornecidas pela comissão, o que pode ter custado o cinturão de Charles.

A Comissão de Boxe e Artes Marciais Mistas do Arizona emitiu um comunicado[4] sobre o assunto, dizendo que “qualquer balança usada para qualquer finalidade que não seja a pesagem oficial (como aquelas que podem ser usadas para os lutadores testarem seu peso não oficialmente) não são calibradas ou inspecionadas pela equipe da Comissão, pois normalmente são fornecidos pelo promotor do evento, não pela Comissão de Boxe e MMA do Arizona”. Oliveira recebeu uma hora extra da comissão local para tentar perder o peso, mas ainda voltou com 0,5 libras a mais, tornando-se o primeiro campeão da história do UFC a perder o cinturão por não bater o peso.

Oliveira não bateu o peso quatro vezes antes no UFC como peso-pena, porém, pesou abaixo do limite em várias ocasiões no passado desde que subiu para o peso-leve, chegando a pesar 152 libras para sua luta com Jim Miller em 2018. Oliveira e sua equipe postaram nas mídias sociais na noite de quinta-feira que ele já estava no peso, mas afirmam que a balança do hotel os confundiu.

Embora Oliveira tenha sido bem-sucedido em sua luta contra Gaethje, a questão do peso ainda lhe custou o título dos leves do UFC e agora ele é considerado o desafiante número 1 da divisão em vez do atual campeão. O campeão não tem um cinturão, mas tem um nome, e é Charles “do Bronx”.

Elthon Costa é advogado trabalhista e desportivo. É Sócio-Diretor Trabalhista e Desportivo no Todde Advogados e Membro da Diretoria e Pesquisador do Grupo de Estudos e Desporto São Judas (GEDD-SJ) e da Comissão de Direito Desportivo da OAB/DF. @elthoncosta

Crédito imagem: UFC

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo


REFERÊNCIAS

CRUZ, Jason J. Mixed Martial Arts and the Law: Disputes, Suits and Legal Issues. 1ª. ed. North Carolina, EUA: McFarland & Company, Inc., Publishers, 2020. 212 p. ISBN 978-1-4766-7930-3.

[1] MMA Fighting Newswire . UFC official Marc Ratner addresses Charles Oliveira missing weight, admits practice scale may have been tampered with. MMA FIGHTING, Site, 11 mai. 2022. Disponível em: https://www.mmafighting.com/2022/5/11/23067156/ufc-official-marc-ratner-charles-oliveira-missing-weight-practice-scale-may-have-been-tampered-with. Acesso em: 11 mai. 2022.

[2] BISSEL, Tim. UFC 274 weigh-in results: Charles Oliveira loses title on the scales. Bloody Elbow, site, 6 mai 2022. Disponível em: https://www.bloodyelbow.com/2022/5/6/23059375/ufc-274-charles-oliveira-vs-justin-gaethje-live-weigh-in-stream-mma-news  Acesso em: 11 mai. 2022.

[3] EUA. Arizona Administrative Code. In: STATE OF ARIZONA, Site. Disponível em: https://apps.azsos.gov/public_services/CodeTOC.htm. Acesso em: 11 mai. 2022.

[4] CRUZ, Guilherme. UFC 274 fighters allege ‘messed up’ scale affected cut, coach claims it led to Charles Oliveira’s weight miss. MMA FIGHTING, Site, 6 mai. 2022. Disponível em: https://www.mmafighting.com/2022/5/6/23060613/ufc-274-fighters-messed-up-scale-affected-cut-charles-oliveira-weight-miss. Acesso em: 11 mai. 2022.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.