STJD derruba liminar que autorizava Flamengo a ter torcida em jogos do Brasileirão

Na madrugada desta quinta-feira, o vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua, derrubou a liminar que permitia a presença de torcedores em jogos do Flamengo no Brasileirão.

Bevilaqcua suspendeu os efeitos da liminar até a próxima reunião do Conselho Técnico dos clubes da Série A, marcada para o dia 28 de setembro. A informação foi publicada primeiramente pela ESPN.

Dessa forma, a 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, no final de semana, está confirmada. Isso por que 17 clubes ameaçavam adiar seus jogos se o Flamengo tivesse torcida no Maracanã na partida contra o Grêmio.

Na decisão, o vice-presidente do STJD ressaltou o risco de paralisação da competição se a liminar não fosse derrubada.

“Diante do caráter de urgência ante a possível violação à legislação federal posta e consubstanciado nas inúmeras petições e manifestações dos autos, bem como tratando-se de matéria com escopo relevante e que traduz, em análise perfunctória, probabilidade de dano de difícil ou incerta reparação com a iminente não realização da rodada deste próximo final de semana, concedo parcialmente o efeito suspensivo ativo vindicado, para o fim de afastar parcialmente os efeitos da medida liminar concedida nestes autos até a reunião do conselho técnico, este a ser realizada no próximo dia 28 de setembro”, diz trecho da decisão.

Os 17 clubes – exceto Flamengo, Atlético-MG e Cuiabá – alegam que a liberação de público ao Rubro-Negro causa desequilíbrio esportivo, uma vez que não são todos que podem jogar com os portões abertos.

Por outro lado, o Flamengo entende que tal decisão não cabe à CBF, mas sim por cada autoridade local.

Crédito imagem: André Durão

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.