Uefa suspende provisoriamente zagueiro do Slavia Praga acusado de racismo em partida da Europa League

A Uefa anunciou nesta terça-feira (6) a suspensão do zagueiro Ondrej Kúdela, do Slavia Praga, por uma partida para investigar um suposto ato de racismo cometido por ele durante a partida contra o Rangers, da Escócia, no dia 18 de março, pelas oitavas de final da Europa League.

Perto do fim da partida, aos 42 minutos do segundo tempo, Glen Kamara, do Rangers, foi atrás de Kúdela e o acusou de falas discriminatórias e racistas. O jogador do clube escocês disse que foi chamado de “macaco” pelo zagueiro tcheco.

Em nota, a Uefa disse que “decidiu hoje suspender provisoriamente o sr. Ondrej Kúdela para a próxima partida de competição de clubes da Uefa para a qual ele seria elegível”. Dessa forma, o tcheco ficará de fora da partida desta quinta-feira (8) contra o Arsenal, pelas quartas de final da Europa League.

Os dirigentes do Slavia Praga negaram as acusações de racismo e acusaram Kamara de agredir Kúdela no túnel dos vestiários após o apito final.

Enquanto a Uefa investiga o caso de forma desportiva, a polícia da Escócia abriu uma investigação paralela para analisar os acontecimentos de forma criminal.

Crédito imagem: AFP

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.