Agora, o tão esperado retorno

A aventura pode ser louca, mas o aventureiro jamais. Frase atribuída a Che Guevara. Ou a Gilbert Keith Chesterton (dependendo do seu continente de preferência). De qualquer forma, parece-nos que depois de muitas semanas de deliberações, o retorno do futebol na Inglaterra está próximo. Mas a “aventura” de retomar as atividades da liga mais cara do mundo pode ter várias ciladas.

Após consultas e inúmeras deliberações entre os stakeholders na Inglaterra (clubes, jogadores, managers, Professional Footballers’ Association (PFA), League Managers’ Association (LMA), Premier League, English Football League (EFL) e o governo, entre outros), ficou decidido que o retorno será no dia 17 de junho de 2020.

Com 92 partidas restando para o fim da temporada da Premier League, todas as partidas acontecerão com os portões fechados para os torcedores, mas serão transmitidas ao vivo pelos canais Sky Sports, BT Sport, BBC Sport ou Amazon Prime, das quais 33 partidas serão em canais “abertos” (leia-se sem nenhuma cobrança para os espectadores). Pela primeira vez na história a BBC transmitirá partidas da Premier League ao vivo (inédito desde o começo da League em 1992). Uma ótima pedida para os torcedores, mas terreno ainda incerto para os jogadores.

Enquanto escrevemos, a BBC acaba de anunciar que uma pessoa da equipe do Tottenham Hotspurs testou positivo na última rodada de testes. Por motivo de privacidade, a pessoa não foi identificada, mas a agremiação assegurou que ela ficará em isolamento por 14 dias, seguindo determinações do governo britânico. Talvez seja cedo para a volta do futebol, uma vez que o vírus ainda não está controlado no Reino Unido. Porém, com cinco rodadas de testes do coronavírus (jogadores e estafe são testados duas vezes por semana), num total de 5.079 testes já efetuados, o número de casos confirmados subiu para 13.

Arriscado ou não para os jogadores, suas famílias (bem como a de todo o estafe dos clubes), o show vai recomeçar. O plano atual é de ter jogos todos os dias até a data final de 25 de julho de 2020. Assim, teremos jogos começando (horário local) sexta-feira às 20h, sábado às 12h30, 15h, 17h30 e 20h, domingo às 12h, 14h, 16h30 e 19h, segunda-feira às 20h, terça, quarta e quinta-feira às 18h e 20h.

Com o verão prestes a começar na Europa, o retorno de jogos ao vivo será muitíssimo bem-vindo, sem dúvida. Mas fica a ressalva, a saúde e o bem-estar dos atletas e estafe dos clubes (bem como todos os envolvidos no futebol, árbitros, técnicos etc.) devem ser sempre prioridade.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.