As condecorações da rainha

Imaginem a honra e o prestígio de sermos condecorados pela Rainha Elizabeth II, a Rainha do Reino Unido. Imaginem títulos como “Sir” ou “Dame” colocados à frente dos nossos nomes, como nos casos do Sir Elton John e da Dame Judy Dench. Ou até mesmo outro tipo de condecoração concedida pela Rainha, já que há muitas outras condecorações concedidas em cerimônias tradicionais que ocorrem duas vezes por ano, as chamadas Queen’s Honours.

A primeira cerimônia deste ano, adiada de junho para outubro devido à pandemia, concedeu ao jogador do Manchester United, Marcus Rashford (22 anos) a honraria de Member of the Order of the British Empire (MBE). O trabalho incansável de Rashford durante o lockdown britânico (leiam a nossa coluna do dia 18 de junho de 2020), persuadiu o governo britânico a mudar a política sobre merenda escolar durante as férias de verão deste ano. Sua campanha bem sucedida assegurou que cerca de mais de um milhão de crianças na Inglaterra tivessem merenda escolar mesmo durante as férias de verão.

As Queen’s Honours são em geral concedidas para pessoas que conquistaram e prestaram serviços importantes para o país. A decisão sobre a concessão de tal honraria fica a cargo de um comitê especial, que encaminha sua opinião para o primeiro-ministro do Reino Unido que, por sua vez, oficializa a proposta para a Rainha (que tem verificação e aprovação final). Uma vez concedida a condecoração, o candidato não é obrigado a aceitar. Por mais interessante (ou absurdo) que pareça, alguns candidatos recusam a honraria, como foi o caso do escritor Roald Dahl. Também não é uma honraria eterna. Em caso de falta de decoro, ela pode ser cancelada.

As Queen’s Honours são:

  • Companion of Honour (CH): para aqueles que contribuíram significativamente para as artes, ciências, medicina ou para o governo por um longo período. Com esse título temos como exemplo Sir Winston Churchill, a escritora JK Rowling (criadora do personagem Harry Potter e seus livros) e Sir David Attenbourough (dos inúmeros documentários da BBC sobre natureza). Esse título é limitado a 65 pessoas por ano.
  • Knighthood: com o título de “Dame” para mulheres e “Sir” para homens, é concedido a pessoas que contribuíram excepcionalmente em seus ramos de atividade.
  • Commander of the Order of the British Empire (CBE): criada durante a Segunda Guerra Mundial para condecorar pessoas pelos serviços prestados durante a guerra enquanto em solo britânico (e não nas frentes de batalha). Atualmente é concedida como reconhecimento pelo impacto positivo que pessoas fizeram em seu ramo de trabalho. Os atores Tom Hardy e Benedict Cumberbatch, bem com o físico Stephen Hawking, são CBEs.
  • Officer of the Order of the British Empire (OBE): concedida como reconhecimento pelo grande impacto que alguém fez em seu ramo de trabalho. Como exemplo temos de OBE temos David Beckham.
  • Member of the Order of the British Empire (MBE): também concedida pelos mesmos méritos da CBE e OBE.
  • British Empire Medal (BME): com fundação em 1917, essas condecoração era concedida para pessoas que tiveram ações meritorias, tanto civis quanto militares. Foi desativada em 1993 mas vinte anos depois restituída. Hoje em dia cerca de 300 BME são concedidas todo ano para voluntários comunitários.

Em geral, essas condecorações têm em comum o reconhecimento pelos trabalhos excepcionais prestados à comunidade e/ou sociedade britânica. Que os exemplos dos condecorados nos tragam o desejo de sempre melhorar em nossos ramos de atividade e que nos lembre da importância da compaixão e trabalhos para a comunidade em que vivemos.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.