Chapecoense faz acordo e pagará R$ 3,2 milhões a Alan Ruschel por acidente aéreo

Após longa disputa, a Chapecoense enfim chegou a um acordo com o lateral Alan Ruschel e pagará cerca de R$ 2,3 milhões ao jogador por danos morais pelo acidente aéreo sofrido que vitimou 71 pessoas. O acordo acontece dias depois do clube dizer na Justiça que o atleta foi beneficiado pela tragédia, conseguindo notoriedade. A informação foi revelada pelo ‘UOL Esporte’.

Além do valor milionário pago ao jogador, a Chapecoense ainda pagará R$ 420 mil para Mariju Ramos Maciel, advogado do jogador.

O acordo foi homologado no início desta semana, em audiência na 1ª Vara do Trabalho de Chapecó. Por conta da recuperação judicial em nome da Chapecoense, Ruschel recebeu uma certidão de crédito líquido.

Em maio do ano passado, o lateral decidiu acionar a Chapecoense na Justiça para cobrar cerca de R$ 3,4 milhões por danos morais pelo acidente, contestação do seguro recebido e verbas trabalhistas (salários atrasados e direitos de imagem).

Crédito imagem: Chapecoense

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.