e-Paulistão anunciado; saiba tudo sobre a competição

Na última semana foi anunciado o e-Paulistão, a competição de futebol virtual (Pro-Evolution Soccer) organizada pela Federação Paulista de Futebol, que promete ser o maior estadual de futebol virtual do Brasil.

No eSport Legal dessa semana iremos abordar tanto os bastidores quanto a competição em si.

A Gestão da Competição – Empresa Especializada em eSports

Seguindo o exemplo dos clubes de futebol com maior sucesso no esporte eletrônico no Brasil, a Federação Paulista de Futebol não fará a gestão do campeonato de forma direta, em vez disso contará com uma empresa especialista na área para tanto.

Quem fará toda a operação é a F7WA, formada recentemente a partir da junção de várias empresas do ramo dos esportes eletrônicos e do entretenimento em geral. A holding já foi criada com projeto ambicioso de oferecer soluções em diversas áreas através de cinco empresas diferentes: 7WBusiness, 7WPlay, 7WBroadcast, 7WTech e 7WHospitality.

 Os sócios da holding são Daniel Salvatori, Adriano Echeverria, Tatiane Costa, Moacyr Alves e Felipe Carvalho, todos conhecidos do mercado esportivo ou do entretenimento. É possível identificar que estarão ligados de forma mais direta com o esporte eletrônico os sócios Moacyr Alves (ex-ESL, empresa referência em operação de competições de esports no mundo) e Felipe Carvalho (que até então dirigia a TTB, agência de marketing focada em esporte no geral, mas com ampla experiência no esporte eletrônico).

O e-Paulistão não é o único produto e nem a FPF o único cliente da empresa recém-criada. A empresa está encabeçando a própria competição de esports, a Kick-Off Eletronic League.

A F7WA também realizará a operação competitiva e de conteúdo do Corinthians e-Football. O anúncio é recente e ainda não há informação se isso significa que o Corinthians agora possui duas licenciantes (uma pra modalidade Free Fire e outra pra o e-Football) ou se o time de Free Fire também será gerido pela F7WA.

Como vai funcionar o e-Paulistão: Primeira Fase

Com calendário próprio e quatro taças a serem disputadas já em 2021, o e-Paulistão passará por duas etapas.

Na primeira, que já teve início, a Federação Paulista de Futebol colaborou com o desenvolvimento do setor de esports de todas as equipes que compõem a série A1 do Paulistão. A ideia é que todos os clubes sejam representados por dois atletas: um já profissional e outro anônimo, a ser selecionado em seletivas que a FPF também se propôs a organizar.

As seletivas – chamadas de e-Paulistão da Torcida – já começaram e qualquer torcedor que queira representar seu time do coração pode fazer a inscrição gratuita pelo site www.e-paulistao.com.br.

Os campeões de cada uma das 16 seletivas – referente a cada um dos clubes que compõem a série A1 do Paulistão – garantirão uma vaga no E-Paulistão Pro, junto com os jogadores profissionais já contratados pelas equipes.

O e-Paulistão da Torcida e o e-Paulistão Pro fecham o calendário do primeiro semestre de 2021 e dará o tom para o que virá a seguir.

Como vai funcionar o e-Paulistão: Segunda Fase

Já no segundo semestre, a expectativa da FPF é que todos os 48 times do Paulistão (das séries A1, A2 e A3) estejam com seu setor de esports pronto para competir no E-Paulistão x3.

O ano seria fechado com a competição E-Paulistão My Club. O MyClub é um modo de jogo, que permite aos jogadores montarem seus times e competirem online através da plataforma do próprio PES.

Palmeiras de FORA! (Por enquanto?)

O Palmeiras até agora não está dentro do e-Paulistão por ser o único clube do paulistão a não fechar um contrato de imagem com a Konami, empresa desenvolvedora do jogo Pro-Evolution Soccer.

O impasse com a desenvolvedora já se estende e é acompanhada pelo mercado de games desde meados do ano passado. A vontade do clube de estar presente tanto no jogo da Konami quanto no jogo da concorrente EA seria a causa do imbróglio.

Cabe a observação de que a CBF possui contrato de exclusividade com a Konami sobre o Campeonato Brasileiro, enquanto a Conmebol licencia a Libertadores para o FIFA, da EA.

Onde será transmitido

Os jogos do e-Paulistão poderão ser assistidos através de transmissão online nos canais da Federação Paulista de Futebol no Youtube e na Twitch.tv

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.