Esporte pode ser só entretenimento. E está tudo bem.

Quantas vezes você já viu ou até mesmo participou do debate sobre a mistura do esporte com política? De um lado quem entende que é impossível dissociar a política do esporte e de outro quem entende que esporte deve ser tratado sempre somente como um entretenimento.

Em tempos de conflitos armados como o que estamos assistindo na Ucrânia e com os posicionamentos de diversas entidades de administração desportivas de diversas modalidades condenando as ações da Rússia e aplicando punições às entidades desportivas russas, parece impossível sustentar uma posição que ignore o papel da política no esporte e do papel do esporte na política.

Por outro lado, e especialmente em tempos de conflitos armados, crises sanitárias, crises econômicas e crises sociais, é importante também reconhecer o papel do esporte como ator de entretenimento. Entretenimento puro.

O esporte pode ser um respiro saudável em meio a situações particulares de difícil solução. Pode trazer alegria, excitamento e outras emoções positivas em meio a um mar de notícias terríveis. Não há problema com isso. Não significa, em absoluto, dizer que os problemas foram esquecidos ou ignorados. É só um respiro.

É possível apreciar o espetáculo que foi a partida entre Atlético Mineiro e Flamengo na Supercopa do Brasil como entretenimento puro. Não é alienação, não é “pão e circo”. Não faz ser menos consciente das questões políticas e socioeconômicas que a humanidade enfrenta.

É reconhecer que o esporte é multifacetado. Que permite ser palco de manifestações políticas, de conscientização social, de mudança cultural, mas que também pode ser lazer puro.

Lazer puro que parte considerável do público que consome o esporte procura. Clay Travis, jornalista esportivo norte-americano, em matéria publicada pela Fox Sports, comenta sobre a queda na audiência em esportes em decorrência da inclusão massiva de questões sociopolíticas[1]:

“Por que tão poucas pessoas estão realmente assistindo esportes? Antigamente, se você quisesse dar um tempo nas coisas sérias da vida, você realmente assistiria a esportes, mas agora os esportes se tornaram política. Eles fizeram uma pesquisa recente no Yahoo[2] e os resultados foram que quase metade dos americanos mudou seus hábitos de assistir de esportes assim que as mensagens políticas e sociais começaram a se espalhar pelas diferentes ligas esportivas. Três vezes mais americanos assistem esportes MENOS do que aqueles que assistiram MAIS no ano passado… Quase todas as ligas estão em baixa de alguma forma, e o interessante disso é que eles estão em baixa na época em que esportes teoricamente teriam sido uma graça salvadora mais do que nunca… A natureza política dos esportes nesta era moderna tem sido um desânimo para a grande maioria dos fãs de esportes americanos”

De fato, o periódico norte-americano Newsweek informou que pesquisas dão conta de que a audiência da NBA caiu em 34% em razão da inclusão de mensagens sociopolíticas nas partidas[3]. É a mesma conclusão do The Harris Poll, que afirma que os fãs consideram a NBA política demais[4]. A Forbes chegou a publicar um artigo intitulado “A Fuga de 2020: um caso para separar esportes e política para mais fãs e audiências mais altas[5]

Fala-se muito de valorização do produto esporte, do “sportainment”, ao mesmo tempo em que se critica a suposta alienação política de quem defende o lazer puro também como papel do esporte. Talvez, como a maior parte das coisas na vida, o caminho seja o equilíbrio.

Crédito imagem: Reuters

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo


[1] https://foxsportsradio.iheart.com/content/2021-03-31-clay-travis-politics-mixing-with-sports-are-reason-for-low-tv-ratings/

[2] https://www.insidehook.com/daily_brief/sports/fans-watching-less-sports-social-justice-messaging

[3] https://www.newsweek.com/nba-ratings-decline-poll-shows-34-watched-less-sports-over-social-justice-messages-1579886

[4] https://theharrispoll.com/poll-38-of-sports-fans-say-nba-is-too-political-as-reason-they-are-watching-less/

[5] https://www.forbes.com/sites/kirkwakefield/2020/08/28/escape-from-2020–a-case-to-separate-sports-and-politics-for-more-fans-and-higher-ratings/?sh=29fd438576ad

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.