Família de vítima do incêndio no Ninho do Urubu aciona Flamengo na Justiça e cobra R$ 8,4 milhões em danos morais

Os familiares de Christian Esmério, uma das vítimas fatais do incêndio do Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019, acionaram o Flamengo na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pedindo R$ 8,4 milhões em danos morais e pensionamento. Essa é a única família que não entrou em acordo com o clube em relação à indenização. A informação foi revelada pelo ‘UOL Esportes’.

“Dúvidas não existem acerca da responsabilidade objetiva do clube réu, sendo, inclusive, a mesma reconhecida pelo clube réu, o qual fez acordos para evitar a judicialização do caso (…). Como se disse, o clube réu detinha a guarda e vigilância das crianças vitimadas no trágico acidente, as quais estavam alojadas em suas dependências, diga-se, desde logo, sem as menores condições para tal e sem as devidas autorizações legais para tal”, diz parte da ação.

No documento, foi apontado que não há, na Justiça brasileira, caso semelhante ao do Ninho do Urubu.

“As convergências do caso em tela extrapolam os precedentes existentes na nossa justiça, tendo em vista as peculiaridades do caso”

A ação também cita como exemplo de cálculo de valor de indenização o caso de João Alberto, que foi assassinado por seguranças do Carrefour há cerca de um ano. “Optou por fechar um acordo com a família do Sr. João Aberto pelo valor de R$5.200.000,00 (cinco milhões e duzentos mil reais)”.

Na última quarta-feira (1º), o Rubro-Negro realizou um acordo com a mãe de Rykelmo, único caso até então que estava na Justiça.

Crédito imagem: Agência Brasil

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.