Governador do Rio de Janeiro veta projeto que substituiria nome do Maracanã para Rei Pelé

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (8), o veto do projeto de lei nº 3489/2021, que pretendia mudar o nome do Maracanã para homenagear o Rei Pelé.

O texto do PL é de autoria de André Ceciliano (PT), deputado e presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), cuja proposta seria de substituir “Estádio Mário Filho” por “Estádio Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé”.

No Diário, o governador afirmou que o veto se deu “em atendimento à solicitação do autor” do projeto de lei. Após a aprovação do texto na Alerj, no dia 9 de março, uma repercussão muito negativa sobre a ideia tomou conta da opinião pública. Muitos acreditam que o foco atual deve ser no combate à pandemia de Covid-19, e não o futebol e outros esportes.

Diante da situação, o deputado Ceciliano disse publicamente que enviaria a Cláudio Castro um pedido de veto ao PL 3489/2021.

Assim, o conhecido Maracanã, continuará com seu nome original.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.