Governo inglês libera presença de até 10 mil torcedores nos estádios a partir de maio

O governo da Inglaterra autorizou nesta segunda-feira (22), o retorno de 10 mil torcedores aos estádios em jogos do Campeonato Inglês a partir de 17 de maio. Com a decisão, além da rodada final da competição na temporada 2020/21, a presença de público também seria liberada em partidas da Eurocopa, em junho e julho, uma vez que o Estádio de Wembley foi escolhido para ser sede das semifinais e finais. A informação foi divulgada primeiramente pelo The Guardian.

A data escolhida pelas autorizadas britânicas marcará o início da implementação do nível 3 da restrição das atividades em função da pandemia de Covid-19, na qual prevê a reabertura de instalações esportivas ao público.

A quantidade de torcedores permitidos irá variar. Estádios com capacidade total superior a 40 mil torcedores, como o do Manchester United e do City, poderão receber até 10 mil pessoas. Já nos menores, a capacidade será de até um quarto do total disponível.

As finais da Copa da Inglaterra, em 15 de maio, e da Copa da Liga Inglesa, em 25 de abril, servirão como testes.

Em dezembro, até 2 mil torcedores foram liberados a entrar nos estádios dependendo da localidade. No entanto, a medida durou pouco tempo. Semanas depois uma variante da Covid-19 fez o país aumentar as restrições para conter a disseminação.

Nas principais ligas do futebol europeu, incluindo Alemanha, Espanha, França e Itália, ainda não foram anunciados planos de retorno gradual dos torcedores aos estádios.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo

Nossa seleção de especialistas prepara você para o mercado de trabalho: pós-graduação CERS/Lei em Campo de Direito Desportivo. Inscreva-se!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.