Grenal 424 – no limite do W.O.

O Grenal nº 424 entrou sim para a história de um dos maiores clássicos do futebol mundial, não só por ser a primeira partida disputada em uma Libertadores da América, mas também por ter terminado, lamentavelmente, em uma literal batalha (corporal) entre alguns jogadores das duas equipes.

Depois de um jogo muito disputado e com grandes lances que poderiam ter levado o placar a sair do 0 x 0, bolas na trave e defesas importante dos gloreiros, Internacional e Grêmio mostraram o lado triste do futebol a poucos minutos do fim da partida.

A confusão resultou em 8 jogadores expulsos, entre atletas que estavam no banco de reservas e os que ainda disputavam o jogo.

Ao retornar a partida, pode-se observar um campo com poucos jogadores e muito espaço vazio. Com isso, o disputado jogo que tínhamos antes da confusão começar passou a ser mais lento e menos disputado.

Mas a regra é clara e diz que há sim um numero mínimo de atletas de dentro de campo que o jogo possa seguir, e é isso que o Por dentro da Lei de hoje tratará.

A International Board (IFAB), órgão que regulamenta as regras do futebol criado em 1886, na Inglaterra, criou, na época 13 regras que serviriam para tornar o futebol um esporte mais organizado e com diretrizes mais definidas.

Atualmente, com 17 regras o futebol, apesar de aperfeiçoado, não deixou de seguir, por todos esses anos as mesmas regras criadas em 1863, em nome da Football Association (entidade que controla o futebol na Ingleterra).

O livro de regras regulamenta 1- O terreno de jogo, 2- a bola, 3- os jogadores, 4- equipamento dos logadores, 5- o árbitro central, 6- os árbitros assistentes, 7- duração da partida. 8- o inicio e o reinicio do jogo, 9- a bola em jogo e fora de jogo, 10- o gol, 11- o impedimento, 12- faltas e condutas irregulares, 13- tiro livre direto, 14- pênaltis, 15- arremesso lateral, 16- tiro de meta, 17- o pontapé de canto

A regra 3 do Livro de Regras do Futebol que disciplina sobre os jogadores, trás, em seu paragrafo primeiro que: “As partidas são disputadas por duas equipes compostas por no máximo de 11 jogadores cada, um dos quais jogará como goleiro. Nenhum jogo começará nem continuará se uma ou ambas as equipes tiverem menos de sete jogadores. “

Mas o que aconteceria se, no caso do Grenal, mais um atleta fosse expulso? O jogo terminaria 0 X 0?  Não.

O não cumprimento da regra 3 da lei do futebol, ou seja, o jogo não ter começado e/ ou continuado por ter menos de 7 jogadores em campo resultaria em da vitória a equipe adversária pelo placar de 3 x 0. Isso mesmo, o jogo seria declarado W.O.

O W.O. sempre será declarado como vitória por 3 x 0 pela equipe que ficou com mais de seis atletas em campo, exceto em uma situação, se esta equipe já estivesse ganhando, no momento do encerramento da partida, com um placar de 3 ou mais gols de diferença.

Por fim, se as duas equipes ficarem com menos de sete atletas em campo, independentemente das razões (expulsões ou lesões), as duas equipes serão declaradas perdedoras pelo placar de 3 x 0.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.