O dia do basta chegou

Na semana passada clube Santa Cruz, do Recife, perdeu o processo e foi obrigado a apresentar a lista completa de sócios do clube, bem como suas situações financeiras e dados pessoas. A demanda foi promovida pela sua própria torcida.

Sob pena de multa diária de R$40.000,00, limitadas a R$400.000,00, o Santa Cruz precisará apresentar a lista atualizada dos seus sócios, após ter apresentado, nas eleições do clube em 2017, uma lista com nomes de pessoas já falecidas, CPFs em duplicidade além de nomes que não são aptos a votar nas eleições do clube.

Em janeiro de 2020 a diretoria do clube pernambucano apresentou um lista de 15 mil nomes, 3 mil a menos do que a lista apresentada anteriormente. A nova divulgação se deu em razão de, em 2020, ter novas eleições e, conforme o estatuto, a divulgação da lista atualizada se faz obrigatória.

Esse movimento virará tendência. As torcidas já estão saturadas de tantas inconsistências nas administrações de seus clubes, tanta gente recebendo sem que devesse, se quer, fazer parte no negócio, bastante dinheiro entrando e sendo mal administrado, desvios de recursos e, claro, os resultados dentro de campo não aparecendo, como consequência.

Cada vez mais o futebol brasileiro (mídia, torcidas e patrocinadores) vem cobrando dos gestores esportivos administrações mais comprometidas com as instituições, que sejam transparentes quanto às práticas e que informem das reais situações em que os clubes se encontram. Por isso, prestações de contas fidedignas são fundamentais para que a opinião pública consiga entender o cenário real que a instituição está vivendo e para que o clube cumpra o compromisso de transparência.

compliance, programa de integridade ou conformidade, pode ser uma ferramenta que ajuda a organizar as instituições e responsabilizar os reais responsáveis pelos prejuízos causados sem que necessariamente respingue na entidade.

A paixão do torcedor deve ser focada para que o seu clube cresça, em torcida, em visibilidade, em investimentos e em vitórias, mas nunca a qualquer custo nem de qualquer jeito. O futebol está evoluindo e a torcida precisa evoluir junto.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.