O impacto da venda de um estádio

 Na Inglaterra o nome Hillsborough Stadium é sinônimo de muita tristeza. Em 15 de Abril de 1989, durante a semifinal da FA Cup entre Liverpool e Nottingham Forest naquele estádio, localizado na cidade de Sheffield, aconteceu a maior tragédia da história do esporte britânico: 96 mortos e 766 feridos. Escrevemos sobre o tema em abril de 2019.

Neste ano o estádio mais uma vez foi notícia. Porém, não por causa de tamanha tragédia, mas por causa da sua venda.

Sheffield Wednesday, clube da segunda divisão do campeonato inglês, sofreu punição de perda de 12 pontos na temporada atual (2020-2021) por violar as regras de controle de gastos impostas pela English Football League (EFL). O clube teria incluído a venda do seu estádio, o Hillsborough Stadium, em suas contas de 2017-2018, apesar do mesmo ter sido vendido um ano depois. A punição foi aplicada pela EFL após a decisão de uma comissão disciplinar independente entender que o clube não deveria ter incluído o lucro da venda do estádio em suas contas para aquele período.

O clube vendeu o Hillsborough Stadium para o proprietário do próprio clube, Dejphon Chansiri, por £60 milhões, registrando assim um lucro bruto de £2,5 milhões para a temporada de 2017-2018. Não fosse isso, o clube teria relatado uma perda bruta de £35,4 milhões, após déficits de £9,8 milhões e £20,8 milhões nas duas temporadas anteriores.

As regras de fair play financeiro da EFL, determinam que os clubes participantes dos seus campeonatos “só” podem perder £39 milhões em um período de três anos.

O clube, que escapou por pouco do rebaixamento na última temporada (2019-2020), recorreu da punição da EFL para o painel arbitral independente da liga. No mês passado, a decisão do painel arbitral foi divulgada reduzindo a punição para 6 pontos (ao invés de 12 pontos).

Sheffield Wednesday já havia sido inocentado das alegações iniciais de violação de seu dever de boa-fé para com a EFL ao ocultar informações deliberadamente. Ainda assim, o clube passa ser a primeira agremiação a ser punida pela inclusão da venda de seu estádio em suas contas. Lembramos que Derby County, Aston Villa e Reading também foram investigados por transações semelhantes no passado.

De qualquer forma, o clube continua amargando a penúltima colocação na tabela, com 8 pontos em 14 jogos. Mesmo com a punição reduzida, o clube continua lutando contra o rebaixamento.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.