Por dentro da Lei Magna – Justiça Desportiva

O esporte tem muitas especificidades, regras disciplinares, regulamentos de partida… Sempre objetivando o desenvolvimento da competitividade e o espírito esportivo.

Por isso, a Constituição Federal de 1988, norma legal mais importante do ordenamento jurídico brasileiro, autoriza que as entidades desportivas e associações possam legislar sobre pontos que versem sobre essa matéria específica.

O Por Dentro da Lei de hoje vai abordar a questão do Direito Esportivo pelo olhar da Magna Carta.

Talvez você não tenha se dado por conta de que lutadores, ganhando ou perdendo uma luta, não procuram, após o evento, uma delegacia para fazer um boletim de ocorrência, seja qual for a denúncia. Isso ocorre por meio da autonomia dada aos estados pela Lei Suprema ao conceder às entidades desportivas o benefício para organizarem e legislarem sobre regras do desporto. Dessa forma, na condição de atleta de boxe, por exemplo, o combate e suas consequências são previstos em lei.

O constituinte, pensando no desporto nacional, dedicou à CF/88 atenção ao fomento das práticas do esporte formal ou não, tratando, expressamente, no artigo 217, do dever do Estado com o desporto.

Muitas são as observâncias, desde respeitar condições pré-estabelecidas, como a destinação de recursos públicos, para fomentar o desporto profissional e o amador, incentivá-lo e protegê-lo, e garantir suas autonomias.

Parece simples a autonomia de uma confederação ou federação relacionada à sua organização e funcionamento. Mas, no inciso I do artigo 217, é possível perceber que discussões recentes mostraram que, na verdade, ainda não está muito claro.

O Poder Judiciário, segundo o art. 217, § 1º, da CF, somente será acionado após esgotada a tentativa via Justiça esportiva nos temas legislados, sejam eles criminais, trabalhistas, tributários, etc.

Portanto, o Estado concede autonomia limitada aos administradores do desporto nacional (regulamento e funcionamento). As demais discussões serão tratadas, segundo o próprio texto legal, pelo Poder Judiciário estadual.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.