Valorant – como o jogo que ainda nem foi lançado atrai investimento e jogadores

Por quase 10 anos o “s” em Riot Games foi apenas uma alegoria, pois a desenvolvedora detinha apenas um título em seu plantel de jogos: o League of Legends, criado em 2009.

Mas deter “apenas” os direitos de League of Legends não é pouca coisa, uma vez que é ele é considerado o eSport mais popular do mundo.

Quando League of Legends completou 10 anos, a live comemorativa foi responsável por anunciar a expansão da desenvolvedora, que já estava desenvolvendo diversos outros jogos em segredo e causou.

Em 2019 foi lançado o Teamfight Tatics, jogo do gênero “autochess”. Mês passado foi a vez de Legends of Runeterra, jogo de cartas.

Mas o jogo que tem estremecido a comunidade gamer e de esports é o Valorant. Ainda em fase de testes, a meses de ser lançado, o jogo já atrai a atenção de jogadores, clubes e investidores.

Entenda esse fenômeno no eSport Legal de hoje.

Administração da Riot Games

A popularidade precoce do Valorant se deve em grande parte ao método que a Riot Games constrói suas ligas, organiza suas competições e realiza os seus eventos esportivos.

Embora a Riot Games ainda não tenha divulgado seus planos de como será organizado o cenário competitivo do jogo, a forma como o jogo foi construído e o histórico de sucesso da desenvolvedora já é suficiente para que haja grande confiança no futuro da modalidade.

Flerte com jogadores famosos de jogos concorrentes

Sendo um jogo do gênero FPS, o Valorant já nasce competindo com jogos com enorme comunidade de fãs, como o Counter-Strike e Ovewatch.

Como forma de marketing, a Riot Games ofereceu a oportunidade para jogadores famosos desses jogos participarem dos testes de Valorant, como o Jaryd “summit1g” Lazar e o brasileiro Alexandre “Gaules” Borba.

Lançamento da fase de testes com sucesso

O potencial de exploração da imagem do jogo, que é o que importa para os negócios esportivos já pôde ser enxergado no primeiro dia de testes aberto (quando apenas alguns jogadores têm acesso ao jogo, para testá-lo). No dia 7 de abril o jogo bateu o recorde de “horas assistidas em um único dia” da plataforma Twitch.tv, líder em transmissão de jogos online.

O recorde foi de 34 milhões de horas assistidas.

Observação: até então o recorde era do jogo League of Legends, quando foram exibidas as finais do campeonato mundial de 2019.

Clubes já contratam jogadores

Mesmo sem nenhuma competição existente, diversos clubes, como Cloud9, Team Liquid, Ninja in Pyjamas, Sentinels, entre outros já contrataram jogadores para comporem seus times de Valorant.

Se não fosse incrível o bastante o investimento que esses clubes estão fazendo para já estarem presentes quando o cenário competitivo começar a existir, mais incrível ainda é pensar que diversos jogadores abandonando as modalidades onde já são consagrados para apostar no futuro do novo FPS da Riot Games.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.