Nova redução de IPI para videogames

O governo Bolsonaro publicou o decreto no 10.532/2020 no Diário Oficial da União desta terça feira (dia 27), que diminui o IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados de consoles, máquinas e acessórios de jogos eletrônicos.

Não é a primeira vez que o Bolsonaro diminui as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados, acompanhamos aqui no Lei em Campo as conversas do presidente com personalidades do esporte eletrônico (https://leiemcampo.com.br/bolsonaro-diz-que-busca-diminuir-impostos-dos-games/) e também comentamos o Decreto nº 9.971, de 14 de agosto de 2019, que fez a primeira redução (https://leiemcampo.com.br/governo-diminui-ipi-para-videogames/)

Na tabela a seguir listamos as alíquotas antes do governo Bolsonaro, as alíquotas adotas pelo primeiro decreto e as alíquotas atuais:

Efeitos para o consumidor final

Na ocasião da primeira diminuição das alíquotas dos IPIs, os comentários sobre os impactos que a medida teria ao consumidor final eram pessimistas, alguns especialistas do mercado dos games afirmavam que a redução não teria qualquer efeito.

Apesar de não terem sido tão relevantes, redução da carga tributária produziram sim efeitos para o consumidor. O Playstation 4, por exemplo, teve uma redução de R$ 200,00 do seu valor no varejo, passando de R$ 2.600,00 para R$ 2.400,00.

Desta vez o temor é que a medida seja ineficaz diante da crescente desvalorização do real.

O timing é ótimo

A redução vem em boa hora para os consumidores, uma vez que o a nova geração de consoles chega ao mercado mês que vem.

Os consoles da nova geração já tiveram os seus preços anunciados no Brasil, porém é possível que diante da redução do IPI eles sejam revistos.

Os preços do Playstation 5 no Brasil vão girar em torno de R$ 4.500,00 e R$ 5.000,00, dependendo de a versão ser com ou sem leitor de blu-ray. Nos estados Unidos o console custará entre 400 e 500 dólares.

Os preços do Xbox no Brasil vão girar em torno de R$ 3.000,00 e R$ 5.000,00, dependendo da versão mais ou menos potente. Nos estados Unidos o console custará entre 300 e 500 dólares.

Já o console da Nintendo, o Nintendo Switch, apesar de já estar no mercado há um bom tempo, ele começou a ser vendido oficialmente no Brasil só em 18 de setembro de 2020 por R$ 3.000,00.

Geração de Empregos

A redução é importante para atrair o investimento das empresas de games no Brasil.

Mais cedo esse ano a Sony, dona do Playstation, anunciou o fechamento de suas fábricas, inclusive de TVs, áudio e câmeras, na zona franca de Manaus, porém estaria estudando manter a montagem dos consoles no Brasil através de terceirizadas.

O decreto pode facilitar essa decisão e garantir a manutenção e geração de empregos, além de movimentar a economia em solo nacional.

Por outro lado, a Nintendo, que nunca teve uma representação no Brasil, já afirmou que não vem para cá por conta da dificuldade com a legislação, especialmente a tributária. Quem sabe ela não muda de ideia?

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias

Colunas

Seções

Assine nossa newsletter

Toda sexta você receberá no seu e-mail os destaques da semana e as novidades do mundo do direito esportivo.